FORGOT YOUR DETAILS?

Bem vindo a PRADO ASSESSORIA

"Nós somos o que dizemos, acreditamos e fazemos repetidamente. Excelência não é um ato, mas sim um hábito"

A indenização em caso de acidente, é um direito seu

AGENDE UMA VISITA: (44) 3042-0080 / (44) 99887-0500
E RECEBA SUA INDENIZAÇÃO EM
ATÉ 30 DIAS

?

O que é SEGURO DPVAT?

O Seguro DPVAT cobre vidas no trânsito. Como o próprio nome diz, ele indeniza vítimas de Danos Pessoais Causados por Veículos Automotores de Via Terrestre.

Isso significa que o DPVAT é um seguro que indeniza vítimas de acidentes causados por veículos que têm motor próprio (automotores) e circulam por terra ou por asfalto (via terrestre). Observe que nessa definição não se enquadram trens, barcos, bicicletas e aeronaves. É por isso que acidentes envolvendo esses veículos não são indenizadospelo Seguro DPVAT.

O DPVAT, por ser um seguro destinado exclusivamente a danos pessoais, também não prevê cobertura de danos materiais causados por colisão, roubo ou furto de veículos.

Em caso de acidente, as situações indenizadas são morte ou invalidez permanente e, sob a forma de reembolso, despesas comprovadas com atendimento médico-hospitalar.

Outro dado importante é que o Seguro DPVAT é obrigatório porque foi criado por lei, em 1974. Essa lei (Lei 6.194/74) determina que todos os veículos automotores de via terrestre, sem exceção, paguem o Seguro DPVAT. A obrigatoriedade do pagamento garante às vítimas de acidentes com veículos o recebimento de indenizações, ainda que os responsáveis pelos acidentes não arquem com a sua responsabilidade.

É por isso que pagar o Seguro DPVAT é mais do que uma obrigação. É um exercício de cidadania!

SERVIÇOS

CONFIRA TODOS OS SERVIÇOS QUE A PRADO ASSESSORIA OFERECE

DAMS

Reembolso de Despesas Médico-Hospitalares

  • Situação coberta: reembolso de despesas médico-hospitalares pagas por pessoa física ou jurídica pelo tratamento de lesões provocadas por veículos automotores ou por cargas transportadas por esses veículos.
  • Valor do reembolso: o valor do reembolso é de até R$ 2.700,00 por vítima, variando conforme a soma das despesas cobertas e comprovadas, aplicando-se os limites definidos nas tabelas autorizadas pela Superintendência de Seguros Privados - SUSEP.
  • Beneficiários: o beneficiário em casos de DAMS é a própria vítima.
  • Menor de 16 anos: a indenização será paga ao representante legal (pai/mãe) ou ao tutor.
  • Menor entre 16 e 18 anos: a indenização será paga ao menor desde que assistido por representante legal (pai/mãe) ou tutor. Em caso de tutor, é necessária a apresentação deAlvará Judicial.

Indenização por Morte

Coberturas, valores e beneficiados na Indenização por Morte

  • Situação coberta: morte de motoristas, passageiros ou pedestres provocada por veículos automotores de via terrestre ou cargas transportadas por esses veículos, em atropelamentos, colisões e outros tipos de acidentes.
  • Valor da indenização: o valor da indenização é de R$ 13.500,00 por vítima.
  • Beneficiários: são os herdeiros da vítima. De acordo com a Lei 11.482/07, o valor da indenização é dividido simultaneamente, em cotas iguais, entre o cônjuge ou companheiro (50%) e os herdeiros (50%). Conforme a quantidade de herdeiros, a cota é fracionada em partes iguais.

Invalidez Permanente

Indenização por Invalidez Permanente.

  • Situação coberta: invalidez permanente total ou parcial decorrente de acidente envolvendo veículos automotores de via terrestre ou cargas transportadas por esses veículos. Entende-se por INVALIDEZ ERMANENTE TOTAL OU PARCIAL a perda ou redução, em caráter definitivo, das funções de um membro ou órgão, como (força, agilidade e movimento) em decorrência de acidente provocado por veículo automotor. A impossibilidade de reabilitação deve ser atestada em laudo pericial.
  • Valor da indenização: o valor da indenização é de R$ 0,00 até R$ 13.500,00 por vítima. Variando conforme a gravidade das seqüelas e de acordo com a tabela do Seguro de Acidentes Pessoais.
  • Beneficiários: quem recebe a indenização por invalidez é a própria vítima do acidente.

RCF-V

Responsabilidade Civil de Veículos

  • RCF-V
  • O QUE É O RCF-V?
  • O Responsabilidade Civil Facultativa de Veículos (RCF-V) é um seguro opcional que visa reparar danos a terceiros, por conta disso também ficou conhecido como seguro contra terceiros. Ele pode ser contratado por pessoas físicas ou por empresas.
  • COBERTURAS DO RCF-V
  • As coberturas do RCF-V (Seguro Responsabilidade Civil Facultativa de Veículos) podem ser básicas ou contar com algumas adicionais, englobando:
  • Danos materiais: irá reparar os danos causados ao veículo envolvido na colisão, como consertos, manutenção e até indenização por perda total.
  • Danos corporais: está relacionado aos danos físicos que a pessoa sofra e que requeiram cuidados médicos ou internação.
  • Invalidez permanente: paga uma indenização por invalidez parcial ou permanente, caso as pessoas envolvidas venham a sofrer desse mal.
  • Morte: paga uma indenização em caso de falecimento da pessoa envolvida.
  • Defesa cível e penal: utilizado para arcar com as custas de processos que venham a ocorrer em decorrência do acidente, incluindo danos morais.
  • Deve se ter cuidado para não confundir o RCF-V (Responsabilidade Civil Facultativa de Veículos) com o seguro de Passageiros (APP) que visa proteger os passageiros que são transportados pelo veículo do segurado e que venham a sofrer um acidente.

Seguro de Vida

Seguro por acidentes pessoais.

  • De uma forma objetiva, um contrato de seguro de vida cobre o risco de morte ou de sobrevivência das pessoas mencionadas no contrato. Alguns oferecem coberturas complementares contra o risco de invalidez parcial ou permanente por acidentes.
  • - Seguro de Vida: garante aos beneficiários a indenização em caso de morte natural ou acidental do segurado.
  • - Seguro de Acidentes Pessoais: indeniza apenas em caso de morte acidental ou invalidez parcial ou permanente por acidentes.
  • - Seguro de Vida Profissional: Oferecido por empresas, sendo convencionado pelo contrato de trabalho. Ele também pode ser contratado por profissionais liberais e empresários individuais, com a finalidade de cobrir a morte ou a invalidez parcial ou permanente do trabalhador.
  • As coberturas mais comuns são:
  • • Morte
  • • Morte por acidente
  • • Invalidez Permanente Total ou Parcial por Acidente (IPA)
  • • Invalidez permanente total por acidente (IPTA)
  • • Invalidez Permanente por Acidente Majorada (IPAM)
  • • Invalidez Funcional Permanente Total por Doença (IFPD)
  • • Invalidez Laborativa Permanente Total por Doença (ILPD)
  • • Despesas Médicas, Hospitalares e Odontológicas (DMHO)
  • • Diárias de Incapacidade Temporária (DIT)
  • • Diárias por Internação Hospitalar (DIH)
  • • Doenças Graves (DG)

DÚVIDAS FREQUENTES

Esperamos esclarecer algumas das dúvidas mais comuns em relação ao Seguro DPVAT, indenizações e coberturas. Caso ainda tenha alguma dúvida, por favor, Entre em contato e envie suas dúvidas para a Prado Assessoria. Teremos a maior satisfação em atende-lo.

?

Seguro DPVAT

É o Seguro Obrigatório de Danos Pessoais Causados por Veículos Automotores de Vias Terrestres, ou por sua Carga, a Pessoas Transportadas ou Não (Seguro DPVAT), criado pela Lei n° 6.194/74, alterada pela Lei 11.482/07, com a finalidade de amparar as vítimas de acidentes de trânsito em todo o território nacional, não importando de quem seja a culpa dos acidentes.

?

O que cobre e o que não cobre?

A seguradora efetuará o pagamento das indenizações a seguir especificadas, por pessoa vitimada:

  • Morte: Caso a vítima venha a falecer em virtude do acidente de trânsito, seus beneficiários terão direito ao recebimento de uma indenização correspondente à importância segurada vigente na época da ocorrência do sinistro, de acordo com a Lei 11.482/06.
  • Invalidez Parcial  ou Permanente: Caso a vítima de acidente de trânsito venha a se invalidar permanentemente em virtude do acidente, ou seja, desde que esteja terminado o tratamento e seja definitivo o caráter da invalidez, a quantia que se apurar, tomando-se por base o percentual da incapacidade de que for portadora a vítima, de acordo com a tabela constante das normas de acidentes pessoais, tendo como indenização máxima a importância segurada vigente na época da ocorrência do sinistro, de acordo com a Lei 11.482/06.
  • Despesas de Assistência Médica e Suplementares: Caso a vítima de acidente de trânsito venha a efetuar, para seu tratamento, sob orientação médica, despesas com assistência médica e suplementares, a própria vítima terá direito ao recebimento de uma indenização, a título de reembolso, correspondente ao valor das respectivas despesas, até o limite definido em tabela de ampla aceitação no mercado, tendo como teto máximo o valor vigente na época da ocorrência do sinistro, de acordo com a Lei 11.482/06.
?

Valores atuais das indenizações?

Os valores de indenização por cobertura são os constantes na lista abaixo (determinados pela Lei 11.482/06):

  • Morte: R$ 13.500,00
  • Invalidez Permanente: R$ 0,00 até R$ 13.500,00
  • Reembolso de Despesas Médicas e Hospitalares (DAMS):  R$ 0,00 até R$ 2.700,00
?

Quem tem direito?

Qualquer vítima de acidente envolvendo veículo, inclusive motoristas e passageiros, ou seus beneficiários, podem requerer a indenização do DPVAT. As indenizações são pagas individualmente, não importando quantas vítimas o acidente tenha causado. O pagamento independe da apuração de culpados. Além disso, mesmo que o veículo não esteja em dia com o DPVAT ou não possa ser identificado, as vítimas ou seus beneficiários têm direito à cobertura. Se, por exemplo, em uma batida, há dois carros envolvidos, cada um com quatro ocupantes, e também um pedestre, e se as nove pessoas forem atingidas, todas terão direito a receber indenizações do DPVAT separadamente.

?

Quem são os beneficiários?

  • Em caso de Morte: Na ocorrência de morte, a indenização será paga por metade ao cônjuge não separado judicialmente, e o restante aos herdeiros do segurado, obedecida a ordem de vocação hereditária, de acordo com a Lei 11.482/06.
  • Em caso de Invalidez Permanente: A própria vítima.
  • Em caso de Reembolso de Despesas de Assistência Médica e Suplementares (DAMS): A própria vítima.
?

Quais as categorias de veículos abrangidas?

  • Categoria 1 - Automóveis particulares;
  • Categoria 2 - Táxis e carros de aluguel;
  • Categoria 3 - Ônibus, microônibus e lotação com cobrança de frete (Urbanos, Interurbanos, Rurais e Interestaduais);
  • Categoria 4 - Microônibus com cobrança de frete mas com lotação não superior a 10 passageiros e ônibus, microônibus e lotações sem cobrança de frete (Urbanos, Interurbanos, Rurais e Interestaduais);
  • Categoria 9 - Motocicletas, motonetas, ciclomotores e similares;
  • Categoria 10 - Máquinas de terraplanagem e equipamentos móveis em geral, quando licenciados, camionetas tipo "pick-up" de até 1.500 Kg de carga, caminhões e outros veículos.
?

Qual o prazo prescricional?

Desde a implantação do Novo Código Civil, o prazo para reclamação do pedido de indenização do seguro DPVAT passou a ser de 3 anos, a contar da data em que ocorreu o acidente.

Há casos, porém, em que o prazo pode ser diferente. Consulte a tabela abaixo para verificar em que situação o acidente se enquadra:

Acidente ocorrido em Acidente prescreveu ou prescreverá em (*)
1983 2003
1984 2004
1985 2005
1986 2006
1987 2007
1988 2008
1989 2009
1990 2010
1991 2011
1992 2012
1993
(acidentes ocorridos antes de 11/01/1993)
2013
(acidentes ocorridos a partir de 11/01/1993, inclusive)  
1994 2006
1995 2006
1996 2006
1997 2006
1998 2006
1999 2006
2000 2006
2001 2006
2002 2006
2003 3 anos depois da data do acidente
?

E se o proprietário deixar de pagar o DPVAT?

Todo proprietário de veículo deve manter o Seguro Obrigatório DPVAT em dia, conforme determina as normas em vigor. O pagamento do seguro em atraso não prevê multas ou encargos, mas acarreta a seguinte implicação: o veículo não é considerado devidamente licenciado para efeitos de fiscalização, estando o proprietário sujeito às penalidades previstas na legislação.

?

Quem está coberto pelo seguro ?

Todas as pessoas, transportadas ou não, que foram vítimas de acidentes de trânsito causados por veículos automotores de vias terrestres, ou por sua carga. A cobertura abrangerá, inclusive, danos pessoais causados aos proprietários e motoristas dos veículos, seus beneficiários e dependentes.

?

Qual o prazo para recebimento?

O prazo para liberação do pagamento é de 30 (trinta) dias, nos casos em que a documentação apresentada encontra-se completa e regular. Havendo pendências na documentação, o prazo de 30 (trinta) dias é suspenso e reiniciado a partir da data em que as mesmas forem solucionadas.

AINDA COM DÚVIDAS?

Entre em contato e envie suas dúvidas para a Prado Assessoria. Teremos a maior satisfação em atende-lo.

QUEM SOMOS?

A PRADO ASSESSORIA é uma empresa prestadora de serviços, com ênfase no ramo do Seguro obrigatório DPVAT.

Uma empresa que procura se destacar das demais oferecendo, um atendimento

diferenciado, suporte adequado, atendimento a domicilio e atenção total aos beneficiários do Seguro DPVAT.

Seus colaboradores, proporcionam um ambiente de trabalho ético, transparente, e principalmente que lhes traga orgulho profissional.

A PRADO ASSESSORIA demonstra, inovação priorizando a melhoria no atendimento ao cliente, acreditando sempre que a confiança deva ser a base de nossos relacionamentos.

Nossa sede localiza-se na Rua Vereador Jose Fernandes, 1226 sala 18 CEP 87113-010 Sarandi/PR Telefone: 44-3042- 0080 / 9945-4137

CONTATO

Entre em contato com a nossa equipe, preencha o formulário abaixo.

CONTATO

Entre em contato com a nossa equipe, preencha o formulário abaixo.

TOP